Murici | AL
29° máx / 21° min
Um ou dois aguaceiros breves

notícias / alagoas

Compartilhe
Por Gazetaweb     |     01.03.2018 - 09H46
Dupla é presa momentos antes de aplicar golpe em concessionária na Mangabeiras

Dupla é presa momentos antes de aplicar golpe em concessionária na Mangabeiras

Everton e Monvenir foram presos em uma ação conjunta entre as polícias civil e militar  COMENTE

 Por Rafael Maynart | Portal Gazetaweb.com    28/02/2018 20h32

Maria Angelita coordenou a operação que prendeu a dupla

FOTO: REPRODUÇÃO

Uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar, coordenada pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), prendeu na tarde desta quarta-feira (28), dois homens acusados de estelionato em uma concessionária no bairro da Mangabeiras. Eles estariam prestes a aplicar um golpe na compra de um veículo por meio de um falso depósito.

De acordo com a delegada Maria Angelita, a dupla, que é natural do Mato Grosso, integram uma quadrilha que aplica vários golpes em todo o país. Eles buscavam anúncios de venda veículos em sites de classificados e negociavam a compra, mas realizavam um falso depósito na conta da vítima.

"Eles já vinham sendo monitorados pela nossa equipe e ontem recebemos uma denúncia de que eles teriam aplicado um golpe em Arapiraca. Felizmente conseguimos interceptar o golpe que seria aplicado aqui em Maceió. O proprietário do veículo estava prestes a assinar o documento de transferência", explicou.

A delegada Maria Angelita explicou que a dupla entrava em contato com o anunciante, acertava os valores e combinava de fazer o pagamento ou em depósito bancário ou o com cheque. 

"Eles pegavam um envelope vazio e faziam o depósito na conta do anunciante. A vítima olhada o extrato e confirmava que havia um depósito feito, mas por inexperiência, não presta atenção de que o valor estava bloqueado aguardando ser creditado. Era nesse momento que era feita a transferência do veículo, mas no fim o dinheiro não cai na conta. Outras vezes utilizavam cheques sem fundos", contou.

Everton e Monvenir foram presos em flagrante na operação

FOTO: DIVULGAÇÃO

Os presos na ação, que contou com apoio dos militares do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), foram: Monvenir Rufino, de 34 anos, e Everton Prudêncio Lopes, de 25 anos, mas utilizava uma carteira de identidade falsa com o nome de: Maicon dos Santos Cerqueira.

A polícia pede para que quem já foi vítima da dupla ou tenha informações sobre outros crimes praticados por eles, que entre em contato pelo 181, do Disque Denúncia, e repasse as informações anonimamente