Murici | AL
29° máx / 21° min
Um ou dois aguaceiros breves

notícias / alagoas

Compartilhe
Por Gazetaweb     |     29.03.2018 - 22H35
Arcebispo de Maceió lava os pés de dependentes químicos e moradores de rua

Arcebispo de Maceió lava os pés de dependentes químicos e moradores de rua

Tradicional missa, que marca o início da Tríade Pascal, foi realizada na noite desta quinta-feira na Catedral Metropolitana  COMENTE

 Por Ana Clara Mendes e Maikel Marques | Gazetaweb.com    29/03/2018 18h22 - Atualizada às 29/03/2018 21h43

Arcebispo Dom Antônio Muniz lava os pés de dependentes químicos e moradores de rua de Maceió

FOTO: FELIPE BRASIL

A tradicional Missa de Lava Pés, que marca o início do Tríduo Pascal, foi realizada na noite desta quinta-feira santa (29), na Catedral Metropolitana de Maceió. A missa foi celebrada pelo arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, que, durante a celebração, lavou os pés de 12 cristãos, sendo seis dependentes químicos em recuperação e seis moradores de rua. 

"São seis dependentes químicos que se recuperam na Casa do Servo, entidade ligada à Igreja Católica, e seis moradores de rua escolhidos por integrantes da arquidiocese", explicou o arcebispo. 

A celebração representa, segundo o arcebispo, a humildade de Cristo ao lavar os pés dos doze apóstolos. Escolher os dependentes químicos em recuperação e seis moradores de rua representa, segundo Dom Antônio Muniz, o acolhimento da Igreja Católica aos públicos priorizados pela Campanha da Fraternidade. 

O rito da lavagem dos pés é realizado na missa da Última Ceia. Na tradição cristã, a Quinta-Feira Santa comemora o dia em que Jesus lavou os pés dos apóstolos e celebrou a instituição da Eucaristia na Última Ceia, uma noite antes de sua morte.

Missa de Lava Pés é celebrada pelo arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz

FOTO: FELIPE BRASIL

Stalone dos Santos Simão foi um dos moradores de rua que participou da celebração. "Ter sido escolhido é maravilhoso. Me sinto muito privilegiado", disse o cristão. Já Ana Elisa da Silva, que é dependente química em recuperação, disse que ter sido escolhida é muito gratificante. "Eu fiquei muito feliz".