Murici | AL
29° máx / 21° min
Um ou dois aguaceiros breves

notícias / alagoas

Compartilhe
Por Gazetaweb     |     17.10.2018 - 09H11
Em cumprimento a mandado, Deic prende suspeito de estuprar a própria filha


Agentes da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) prenderam, em cumprimento a mandado judicial, Joas Monteiro da Silva, de 42 anos, suspeito de estuprar a própria filha, de 15 anos. A prisão ocorreu na manhã desta quarta-feira (17), no bairro da Santa Lúcia, na parte alta de Maceió.

Segundo informações de policiais, passadas à TV Gazeta, as investigações, comandadas pela delegada Adriana Gusmão, apontaram que a vítima era estuprada desde os 9 anos.

O suspeito teria constrangido a vítima ao praticar atos libidinosos com ele, além de ter se masturbado na frente da filha para satisfazer sua lascívia. Desta forma, o Poder Judiciário interveio, através da 14ª Vara Criminal da Capital, expedindo o mandado.

Após a abordagem, Joas foi levado para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Mangabeiras, onde foi autuado por estupro de vulnerável, que prevê pena de oito a 15 anos de reclusão.

MAIS UMA PRISÃO

Leylane é suspeita de integrar organização criminosa
FOTO: Cortesia
Também nesta quarta, no bairro de Santa Lúcia, policiais da Deic efetuaram mais uma prisão, desta vez, em cumprimento a mandado expedido pela 17ª Vara Criminal, contra Leylane Soares de Santana, de 23 anos. Ela é suspeita de integrar uma organização criminosa envolvida com roubo em residência e extorsão.

A polícia informou à reportagem que Leylane tem ligação com Paulo Felipe Victor Mendonça, conhecido como "Rabicó", líder da organização criminosa e que já estava recluso no sistema prisional. A quadrilha agia com emprego de violência e intimidação ao cometer os crimes. Leylane dava suporte logístico na fuga dos criminosos e auxiliava nas vendas dos objetos roubados das vítimas.