Murici | AL
29° máx / 21° min
Um ou dois aguaceiros breves

notícias / espiritualidade

Compartilhe
18.05.2019 - 16H16
Pedi e obtereis - Enviado por Francisco Augusto - Murici

Pedi e obtereis - Enviado por Francisco Augusto - Murici


(...) “O homem sofre sempre a consequência de suas faltas; não há uma só infração à Lei de Deus que fique sem a correspondente punição.

“A severidade do castigo é proporcionada à gravidade da falta.

“Indeterminada é a duração do castigo, para qualquer falta; fica subordinada ao arrependimento do culpado e ao seu retorno à senda do bem;

A pena dura tanto quanto a obstinação no mal; seria perpétua, se perpétua fosse a obstinação; dura pouco, se pronto é o arrependimento.

“Desde que o culpado clame por misericórdia, Deus o ouve e lhe concede a esperança.

Mas não basta o simples pesar do mal causado; é necessária a reparação, pelo que o culpado se vê submetido a novas provas em que pode, sempre por sua livre vontade, praticar o bem, reparando o

mal que haja feito.

“O homem é, assim, constantemente, o árbitro de sua própria sorte;

Pertence-lhe abreviar ou prolongar indefinidamente o seu suplício;

A sua felicidade ou a sua desgraça dependem da vontade que tenha de praticar o bem.”

Tal a lei, lei imutável e em conformidade com a bondade e a Justiça

de Deus.(...)

O Evangelho Segundo o Espiritismo.

Capítulo XXVII – (extrato) – Pedi e obtereis.